Rede Fan FM - Você também vai virar fan!



Há mais de um ano sem shows, Banda Calcinha Preta demite 18 funcionários

Publicado em 12/04/2021 por Rádio Fan FM



A Banda Calcinha Preta acaba de entrar no rol das empresas que foram obrigadas a demitir seus funcionários em razão da pandemia da Covid19.

Considerada a maior banda de forró do planeta, com 25 anos de história e grandes sucessos, tendo, inclusive, emplacado músicas em novelas globais no horário nobre, e participado de programas de expressão como o especial de final de ano do cantor Roberto Carlos, a banda fez acordo com 18 funcionários para o pagamento das rescisões trabalhistas.

Diferente do que aconteceu com muitos artistas e bandas, que demitiram seus empregados logo após a paralisação dos shows e eventos por conta da pandemia do coronavírus, a Banda Calcinha Preta, mesmo sem realizar shows desde março de 2020, manteve seus funcionários até março de 2021.

O Portal Fan F1 manteve contato com Sérgio Andrade, proprietário da Banda Calcinha Preta, que explicou os motivos da demissão. “A imprevisão sobre a volta dos shows e ausência de faturamento durante esse período, culminou na necessidade de demissão dos funcionários”, pontuou o empresário.

Ainda segundo Sérgio Andrade, ele chegou a desfazer de seus bens para pagar a folha salarial, mas chegou ao ponto de não ter mais condições financeiras para arcar com os salários.

“Tentei de todas as formas manter o emprego dos funcionários, passei um ano todo sem faturar e vendi meus bens para pagar a folha, porque eu sou pai e sei que eles precisam alimentar suas famílias, mas, infelizmente, cheguei em uma situação que não consigo mais pagar, fico triste com isso, mas não consigo mais. Eu sei que a paralisação das atividades não é por opção nossa, é uma necessidade, mas não temos qualquer previsão de voltar a trabalhar. Do jeito que está, sem qualquer perspectiva de futuro, em todo esse período sem eventos não tivemos qualquer tipo de assistência do governo, estamos vivemos um momento de muita incerteza, só nos resta agora se cuidar pra não pegar essa doença e torcer pra que a vacina chegue o mais rápido pra todos”, finalizou Sérgio Andrade.



Copyright 2017-2021 - Todos os Direitos Reservados.